Método criativo de brainstorming desenvolvido por Crawford nos EUA, no início do Séc.XX. É usado para recolher ideias de um número elevado de pessoas (grupos de 50 a 200 pessoas). 

 

Embora não esteja estabelecido um tamanho ideal, quanto maior for o grupo, maior o número de ideias encontradas.

 

COMO FUNCIONA:


1. No início da sessão, clarifique o projeto em debate. Utilize o método KISS ( Keep It Short and Simple). Sempre que possível, ilustre-o (imagens ou videos).
2. Explicite de que forma os inputs da equipa vão ser utilizados e que tipo e feedback vai ser dado.
3. Cada indivíduo do grupo recebe um bloco de folhas tipo A6 ou "POST IT NOTES ®". Podem ser distribuidos por cores, caso se pretenda que os riscos possam ser separados e classificados mais facilmente. Deve ser dada a quantidade de folhas suficiente, considerando o número de riscos solicitado.
4. Cada indivíduo escreve ou desenha a sua opinião.
5. Tempo: 5 a 10 minutos.
6. Os riscos obtidos são posteriormente lidos ou mostradas para a equipa.
7. Os riscos obtidos agem como triggers de discussão na equipa.
8. Na fase de discussão, são analisados e avaliados os riscos de modo a ser constituído e classificado um grupo dos riscos a quantificar e qualificar.
9. Finalmente, pode ser elaborado um relatório final com os RISCOS ENCONTRADOS - dê feedback sobre os resultados a todos os membros da equipa envolvidos na actividade, visto que tal evidenciará que cada um dos contributos foi tido em consideração e constituiu uma mais-valia para o projeto.

 

Esta técnica é útil no sentido de poder fornecer um elevado número de riscos num curto período de tempo, valorizando um ambiente democrático de projeto.

 

Esta técnica pode ser melhorada, automatizada, sob ponto vista da tecnologia adoptada, utilizando o computador. Evidências mostram que o ritmos e a eficiência alcançados neste caso são mais interessantes, até pela facilidade de tratamento dos resultados.

 

VANTAGENS:

 

1. Desbloqueia pensamento coletivo e a opinião de cada membro da equipa.
2. Tem em consideração a opinião de todos os membros da equipa, atribuindo a cada uma o mesmo factor de ponderação.
3. Resulta numa grande quantidade/variedade de riscos identificados.
4. Ajuda no envolvimento dos membros da equipa.
5. Membros da equipa sentem as suas opiniões valorizadas.
6. Pensamento de cada um flui sem interrupções.

   

 

 

 


Artigos relacionados: