Sempre que é implementada uma resposta a um risco, deve-se ter em atenção as consequências desta ação, pois podem surgir riscos secundários ou riscos residuais.


Passarei a explicar a diferença entre eles.

 

  

Riscos secundários são aqueles que surgem após a implementação de uma resposta a um determinado risco. Sempre que se planeia uma resposta a um risco, avalie sempre a possibilidade de essa resposta gerar riscos secundários, e em caso afirmativo, garanta que faz a identificação e planeamento de respostas também para os riscos secundários.

 

Risco residual é um risco remanescente, ou seja, um risco mínimo que ainda permanece após a implementação de uma resposta a um risco. Os riscos residuais são aceites pelo gestor de projetos, pois são riscos com um baixo impacto e/ou uma baixa probabilidade de ocorrer. Caso ocorra, o projeto dispõe da reserva de contingência para lidar com estas situações.

 

 

 

 


Artigos relacionados: